Para gostar de filologia – um pequeno piparote – por Júlio Bonatti

Por Júlio Bonatti. Pensar o processo de mudança das línguas nos permite enxergar como há uma autonomia do próprio sistema linguístico em resolver problemas de adaptações fonéticas, por exemplo, em face do papel das ações externas sobre a língua.

Continuar lendoPara gostar de filologia – um pequeno piparote – por Júlio Bonatti